Wiki Castlevania
Advertisement

Essa é uma versão alternativa deste personagem na série animada, veja a versão original.

Alucard mostrando o dedo do meio em 1476

Alucard na série animada da Netflix


Alucard na série animada Castlevania, escrita pelo roteirista Warren Ellis.

Ele é um meio humano meio vampiro, filho da união de Lisa com Drácula, é apresentado como tendo conhecimentos "científicos" assim como a Lisa e o Drácula da narrativa...

Aparece inicialmente em uma pequena cena do primeiro episódio, momentos depois de Drácula mencionar que precisará de um ano para trazer as forças do próprio inferno, tendo lutado com seu pai e perdido, ficou em um estado de hibernação embaixo da cidade de Greseit, até ser acordado por acidente por Trevor Belmont.

No quarto episódio da série, Trevor e Sypha caem nas catacumbas de Greseit, e após passarem por algumas armadilhas despertam Alucard que estava se recuperando da luta contra Drácula. Aparentemente ele estava naquela situação por quase um ano, dormindo e sendo alimentado por sangue com o auxílio de máquinas.

Lutou contra Trevor pois este não acreditava que Alucard poderia ser o "Messias dormente", um poderoso guerreiro que dormia embaixo da cidade e que voltaria para a vida quando o mau tentasse se apossar do mundo.

Depois de unir forças com Trevor e Sypha, Alucard parte com eles para enfrentarem as ordas de inimigos criados pelos mestres de forja de Drácula, capazes de trazer criaturas do inferno colocando-as nos corpos de humanos mortos.

Tem uma grande aptidão para magia, história, todos os tipos de ciência, além de saber diversas línguas. Segundo ele " eu tinha vários livros embaixo da minha cama".

Se mostra um exímio guerreiro, professor, protetor e estudioso em diversas áreas. Tem um coração racional mas muito bondoso e misericordioso, ações que ele justifica dizendo "é o que minha mãe gostaria que eu fizesse".

Tentou persuadir Drácula na primeira vez antes de iniciar a guerra contra a humanidade dizendo " eu sofro com você, mas não permitirei que cometa genocídio ".

Tinha muitas desavenças com Trevor pois acreditava que ele tinha um comportamento destrutivo, coisa que Sypha em suas conversas com ele discorda, apontando sempre que ambos tem talentos únicos e o trabalho em equipe é sempre a melhor solução. Quando Alucard tentou testar o conhecimento de Sypha sobre a vida e as pessoas esta diz a ele que " talvez você seja apenas um adolescente birrento no corpo de um adulto" palavras que o fizeram se calar, ou mesmo quando ele a questiona se de fato ela sabia ler e ela o retruca dizendo que " seria uma pena que não soubéssemos ler para acrescentar mais conhecimento a nossa sabedoria".

Alucard sofreu muito depois de ter matado seu pai, além da solidão ocasionada pela falta de Trevor e Sypha, tanto que ele fez dois bonecos semelhantes a seus amigos com os quais conversava sempre que fazia suas próprias refeições. Ensinou muita coisa sobre como caçar vampiros a dois jovens japoneses que partiram em seu encalço, mas como não conseguia restaurar o mecanismo de deslocamento do castelo, eles tentaram matá-ló com instrumentos de tortura retirados das ruínas da mansão dos Belmont. Alucard os venceu utilizando sua espada que se move com o poder de sua vontade. Depois de chorar o que ele considerou um crime, ele colocou os corpos dos jovens da mesma maneira que seu pai colocava para servir de aviso para qualquer outra pessoa que tentasse ludibria-lo.

Na quarta temporada Alucard defendeu um pequeno povoado, mas como era sozinho para a tarefa foi convencido por um homem chamado San Germain a levar aquele povo e esconde-los em seu castelo, ação que fazia parte de um grande plano alquímico de San Germain para abrir o Corredor Infinito, que por sua vez era comandado indiretamente pelo Morte, para trazer Drácula e Lisa Tepes e coloca-los sobre a forma de um "rebes" um ser hermafrodita, que seria o grande intento da alquimia. Segundo Morte para que Drácula dirigisse sua ira contra a humanidade para que matasse todo o mundo para que este jamais tivesse fome novamente. Esse plano fracassou quando Trevor destruiu o Rebes e mais adiante lutou sozinho contra Morte.

Em homenagem ao que seria a morte heroica de Trevor, Alucard decide criar um povoado em volta do castelo e chamá-lo de "Belmonte", em homenagem ao amigo, mesmo depois de Trevor aparecer vivo duas semanas depois.

Aparentemente ele teria iniciado um relacionamento amoroso com a líder do povoado que salvou.


Advertisement