Wiki Castlevania
Advertisement


Hector (ヘクター, Hekutā) é o protagonista de Castlevania: Curse of Darkness. Ele é um Devil Forgemaster e ex-general do Conde Drácula que há 3 anos atrás decidiu que estava farto de matar pessoas e fugiu, o que permitiu a queda do Conde pelas mãos de Trevor Belmont e seus companheiros. Uma mulher chamada Rosaly com quem Hector mais tarde se apaixonou e casou foi morta por seu velho companheiro Isaac e ele entra nos domínios de Drácula no jogo com a intenção de vingar sua esposa.

História[]

Infância[]

Hector teve uma infância difícil. Ele nasceu filho de um alquimista. Desde cedo, ele descobriu que os animais gravitavam em sua direção, tanto animais de dia como animais de noite. Outras crianças e adultos pensaram que isso não era natural e não o aceitaram. Isso causou um pesar em sua mãe e ela exclamou que gostaria que ele nunca tivesse nascido. As únicas coisas em que seu pai estava interessado eram riqueza, honra, controle e proteção daqueles que estavam no poder e mal percebeu que Hector existia. Um dia, os animais que testemunharam a crueldade de seus semelhantes e decidiram ajudá-lo a "escapar" de sua situação difícil. Eles fizeram a igreja pegar fogo oque talvez custou a vida de sua família e vizinhos. Disseram-lhe que agora ele estava livre e deveria ficar feliz por terem recebido o que mereciam. Eles lhe disseram para ir para o único lugar no mundo onde ele teria permissão para viver e o levaram ao Castelo de Drácula

No Castelo[]

Hector ficou sob os cuidados do Castelo de Drácula dois anos após outro aspirante a Devil Forgemaster ter entrado lá, Isaac. Lá ele foi reconhecido como talvez o residente humano mais promissor de lá. Hector acreditava que o poder era o que importava no mundo e que não importava se o poder era "mau", pois o poder realmente não era mau nem bom. Ele dominou as artes da forja demoníaca que lhe permitiram criar criaturas vivas usando materiais básicos. Isaac o respeitava, mas ficou com ciúmes de sua posição de favorito do Drácula. O poder de Hector e Isaac cresceu e eles logo se tornaram generais do Conde Drácula e foram considerados iguais à própria Morte. Drácula os enviou para devastar e transformar o campo em seu domínio na Valáquia, que ele uma vez protegeu, em um terreno baldio por Deus tê-lo traído. Hector não queria usar seu poder para fazer isso e não queria matar humanos, embora eles nunca o tivessem amado porque ele próprio era um. Ele obedeceu ao seu mestre por muitos meses. Ele implorou a seu senhor que não o fizesse mais matá-los, mas suas preocupações foram postas de lado.

A Saída de Hector[]

Quando Drácula recebeu a notícia de que um Belmont estava a caminho para destruí-lo, ele enviou Hector para matá-lo. No entanto, Hector aproveitou a oportunidade para fugir do Castelo para sempre. Ele provavelmente matou os demônios que Drácula enviou com ele para ajudá-lo em sua tarefa e foi ferido no processo. Ele buscou refúgio em uma igreja, que era um lugar onde ele poderia esconder seus poderes sombrios das forças do Drácula. Lá ele conheceu Rosaly, que era a irmã responsável pela igreja enquanto o pai estava fora, e ela o deixou ficar lá e se recuperar dos ferimentos. Quando Drácula sentiu seu poder desaparecer, ele ficou preocupado com a possível perda de seu general mais poderoso. Como o Belmont ainda não havia entrado em Valáquia neste momento, não poderia ter sido ele quem o matou. Ele decidiu enviar Isaac para descobrir o que aconteceu com ele. Se ele estava morto, tudo bem, embora fosse uma perda lamentável. Mas se ele estivesse vivo e o tivesse traído, deveria trazê-lo de volta ao Drácula para ser punido. Ele enviou Isaac com vários de seus compatriotas humanos e um lobisomem. Embora eles não pudessem rastreá-lo por seu poder, o lobisomem foi capaz de encontrá-lo por seu cheiro. Depois que um garoto da vila chamado Ted implora ao Hector ele decidiu salvar Rosaly do lobisomem (um ato ao qual ele não estava acostumado), que havia decidido comer alguns humanos durante sua missão. Como Hector já foi encontrado, ele revelou seu poder, destruiu o lobisomem e nessa hora Isaac foi alertado sobre seu paradeiro. Isaac mais tarde o encontrou e decidiu matá-lo ao invés de trazê-lo de volta ao Drácula como ele foi ordenado. Isso foi para que Drácula parasse de pensar em Hector e se valesse dos serviços de Isaac sozinho. Durante a batalha, eles sentiram que o Castelo de Drácula havia sido destruído e o Drácula havia morrido. Trevor Belmont havia passado pelas defesas de Drácula muito mais cedo do que o Conde havia previsto e teve a ajuda de poderosos aliados, Sypha, Grant e incluindo o filho de Drácula, Alucard. Isaac ficou furioso e culpou a deserção de Hector pela morte de Drácula.

Vivendo na Vila[]

Rosaly insistiu que Hector ficasse com eles até que suas feridas cicatrizassem. Ele estava relutante em fazer isso porque pode haver outros atrás dele e ele os colocaria em perigo. Ela insistiu que o Castelo e todos os demônios haviam desaparecido. As ameaças mais perigosas agora eram de humanos (que estavam lentamente se comportando de forma mais perversa devido a uma maldição que Drácula havia colocado na terra após sua morte). As crianças aparentemente também gostaram de Hector. Rosaly deixou claro que gostava dele e ele decidiu ficar e teve três anos de aceitação, embora não se aventurasse em áreas populosas devido ao preconceito. Isaac, no entanto, não havia morrido e espionou o progresso de Hector. Enlouquecido pela maldição que se infiltrava em seu ser, ele decidiu permitir a Hector um tempo de felicidade e contentamento para que fosse ainda mais doloroso para ele quando fosse tirado dele.

Um dia, três anos depois, Rosaly dirigiu-se à cidade para vender maçãs. Este foi o momento em que Isaac decidiu atingir o coração de Hector. Ele espalhou boatos de que as maçãs que ela estava vendendo eram venenosas e que ela era uma bruxa. Hector, que foi à cidade buscá-la caso houvesse algum problema com os habitantes da cidade, a encontrou queimada em uma estaca.

Eventos de Curse of Darkness[]

Enfurecido, Hector seguiu a trilha de Isaac até um Castelo Abandonado. Lá, Isaac o desafiou a seguir se ele desejasse recuperar seus poderes de Devil Forgemaster. Hector segue Isaac para o castelo e logo encontra uma tumba estranha, que é um local para forjar demônios inocentes. Contra seu melhor julgamento, Hector cede e recupera seus antigos poderes da forja demoníaca. Ele então conhece Zead, um sacerdote misterioso que o informa sobre o paradeiro de Isaac.

Enquanto ele persegue Isaac pelas Montanhas Baljhet até um templo, Hector se depara com Julia Laforeze, uma bruxa que oferece sua ajuda vendendo vários itens para ele. Ele comenta que ela é a própria imagem de Rosaly. Chegando ao Templo Garibaldi, Hector encontra St. Germain, um homem misterioso que pede que ele não persiga mais o Isaac. Lá dentro, Hector luta contra um homem que empunha um chicote e está procurando pelo Devil Forgemaster, que está causando o caos em Valáquia. Como os poderes de Hector ainda são fracos, ele é facilmente derrotado, levando seu oponente a questionar quem ele é, porque aquele que ele busca tem um poder que rivaliza com os da Morte. Hector percebe que está perseguindo Isaac e confirma que é Trevor Belmont, o homem que derrotou Drácula há três anos. Depois que Hector diz a Trevor seu nome, os dois se separam.

Fazendo seu caminho através de um aqueduto, Hector encontra Zead novamente, que lhe diz que Isaac está indo para uma vila próxima do outro lado da floresta. De repente, Zead sai com pressa e St. Germain aparece. O homem diz a Hector para não ouvir nada do que o padre lhe diz, mas Hector declara com raiva que ele terá sua vingança, não importa o que aconteça. St. Germain então parte para perseguir Zead. Chegando à floresta, Hector espia Zead e St. Germain, observando enquanto eles lutam por um breve período. Ao saírem, Hector conclui que eles são inimigos.

Na Cidade de Cordova, Hector encontra Isaac novamente e luta com ele. Mas a batalha é interrompida por Julia, e Hector descobre que ela e Isaac são irmãos. Após a fuga de Isaac, Hector com raiva discute com Julia, que implora para salvar seu irmão da insanidade trazida sobre ele pela maldição. Acalmando-se, Hector atende ao pedido dela. Na torre do relógio, Hector luta contra St. Germain, que caiu em uma armadilha preparada por Zead. Percebendo que o Devil Forgemaster foi capaz de passar pela barreira, o homem puxa sua espada, desejando testar Hector. Como Hector é vitorioso, St. Germain promete não interferir novamente e o encoraja a continuar sua jornada. O homem então sai, dizendo a Hector para mostrar seu respeito a Zead.

Nas Ruínas Aiolon, Hector se depara com Isaac e Trevor lutando entre si. Enquanto Isaac foge do local de Hector, Trevor percebe que eles são inimigos, mas declara que ele será o único a matar Isaac. Enquanto o caçador sai, Zead aparece e diz a Hector que Isaac está voltando para o castelo abandonado onde há uma câmara secreta. Hector dá os cumprimentos de St. Germain a Zead, fazendo com que o padre entre em pânico e saia com pressa. De volta ao castelo abandonado, Hector encontra Trevor novamente, que insiste em lutar para testar sua força. Vendo que o Devil Forgemaster está mais forte do que antes, Trevor ajuda Hector em sua busca por Isaac, abrindo um portão para a câmara escondida abaixo. Eventualmente, no Corredor Infinito, Hector luta e derrota o guardião Dullahan, mas a batalha criou magia negra o suficiente para desfazer o selo e o Castelo de Drácula é erguido.

Chegando ao castelo, Hector encontra-se com Julia, que lhe diz que Drácula pode ter ressuscitado. Hector sugere que chamem Trevor para obter ajuda, mas Julia o informa que o caçador foi gravemente ferido por Isaac e ela mal salvou sua vida. Hector resolve derrotar Drácula e acabar com a maldição que assola a terra, e Julia diz a ele para não deixar a maldição tomar conta dele. Hector entra no castelo e luta contra Isaac pela última vez. Emergindo vitorioso e matando Isaac, Hector se prepara para desferir outro golpe, mas se detém quando se lembra do conselho de Julia e percebe que seu desejo de vingança foi obra da maldição. Zead então aparece e revela que estava por trás de tudo. Ele originalmente planejou usar Hector como um recipiente para seu senhor quando ele sucumbisse à maldição, mas ele é forçado a se contentar com Isaac, levando seu cadáver como hospedeiro. Enquanto o sacerdote puxa uma foice, Hector percebe que ele é a Morte, o braço direito de Drácula. Depois de derrotar a Morte, Hector confronta o Conde Drácula ressuscitado, decidindo não fugir como antes. Ele derrota o vampiro porque a ressurreição foi incompleta, e põe de lado a noção de seu antigo senhor de que a maldição não será suspensa. Após a morte de Drácula, Hector contempla que tanto a morte de Rosaly quanto a queda de Isaac na loucura foram obra da maldição, e ele usa com sucesso seu poder para anulá-la. Quando o castelo começa a ruir e cair, Hector decide morrer em paz. Mas ele é resgatado por Julia, que insiste para que ele viva sua vida, e eles escapam juntos. Quando ele pondera sobre onde ir para proteger seus demônios inocentes, Julia se oferece para deixar Hector ficar em sua casa, o que ele aceita agradecido.

Veja Também[]

  • Hector (série animada)

Curiosidades[]

  • Hector compartilha alguns traços comuns com Alucard: ambos podem ter familiares lutando ao lado deles, habilidades com múltiplas armas e magia, e a atitude de deserção das mãos de Drácula.
  • O nome de Hector é mais conhecido por ser o de um nobre mas infeliz general troiano, a quem Aquiles despachou. O nome em si é de origem grega e significa "segurar firme" - apropriado para o forjador inabalável. Foi a força, vontade e perseverança de Hector que o salvou de se tornar o próximo hospedeiro do Drácula.
  • Seus olhos azuis, como o cabelo ruivo de Isaac, são uma característica associada ao vampirismo na mitologia dos Bálcãs e no folclore de algumas partes da Grécia. Essas histórias afirmam que uma pessoa de olhos azuis se tornaria um vampiro após a morte, ou que eles já eram vampíricos por natureza. *Especula-se que Hector e Isaac não são mais homens mortais - embora Drácula os considere ainda humanos e, portanto, menores.

Galeria[]

Advertisement