Wiki Castlevania
Advertisement

Essa é uma versão alternativa deste personagem na série animada, veja a versão original.

Lisa-tepes-castlevania-23

Lisa era uma médica obstinada que tinha muita curiosidade pela ciência, e se sentia frustrada pela prevalência da superstição e falta de conhecimento real entre seu povo. Lisa reage com fascínio quando é apresentada ao laboratório de Drácula, onde poderia estudar assuntos que até então estavam fora de seu alcance. As acusações de ser bruxa pelos aldeões nunca a abalaram nem fizeram desistir de atuar como curandeira e tratar os doentes que estavam a sua volta.

Ao conhece-la, Dracula se sentiu intrigado pela sua falta de medo e por sua honestidade refrescante.  Lisa abre o coração cauteloso de vampiro para a humanidade, encorajando-o a viajar pelo mundo para entender os homens. Sempre acreditou na bondade inerente das pessoas, filosofia herdada por seu filho Adrian,

Historia (série de televisão)[]

Em 1455, Lisa procurou Drácula em seu castelo. Os outros a disseram que o homem que morava lá possuía conhecimentos secretos da ciência além dos alcances dos mortais. Depois de esgotar todos os outros recursos, ela então procurou Dracula para aprender com ele. Ao conhece-lo, ela mostrou-lhe os méritos da humanidade. Ele foi influenciado por ela, que lhe aconselhou a viajar o mundo como um homem comum para aprender mais sobre a humanidade.

Nos anos seguintes, Lisa e Vlad se casaram e tiveram um filho, Adrian. Eles se mudaram para uma casa fora da cidade de Targoviste, na Valáquia, onde Lisa continuou sua pesquisa em medicina e servia os locais como médica.

Em 1475, enquanto Dracula viajava pelo mundo, Lisa foi presa pelo bispo de Targoviste sob suspeita de ser uma bruxa. Os implementos médicos e suprimentos em sua casa foram confundidos com "feitiçaria". Sua cabana foi queimada, enquanto ela era arrastada para a praça em Targoviste, onde o bispo a queimou viva na estaca. Mesmo quando o fogo queimou em torno dela, Lisa chamou Dracula, implorando-lhe que não se vingasse contra o povo da Valáquia, porque eles não sabiam o que estavam fazendo.

Dracula retornou a sua casa pouco depois, encontrando uma mulher de idade avançada carregando flores. Ele aprendeu com a mulher, a quem Lisa ajudou a curar, que sua esposa estava sendo queimada na estaca acusada de ser uma bruxa. A velha tinha ido lá para pagar seus respeitos porque não podia suportar a visão de assistir Lisa sendo queimada viva. Em sua raiva, ele ordenou que a mulher e sua família fugissem da Valáquia naquela noite, em homenagem à mulher que amava e que tentaram ensinar-lhe a cuidar da humanidade.

Legado (série de televisão)[]

Em 1476, um ano desde a morte de Lisa, Drácula desencadeou um exército de demônios e monstros em Valaquia. Em um festival onde o bispo de Targoviste comemorou a morte da "bruxa",, o rosto de Dracula apareceu em fumaça de chamas na praça, onde sua esposa se desintegrou em cinzas, condenando toda a humanidade e jurando destruir todas as pessoas na Valáquia por seus crimes. Ele lhes concedeu um ano para fazer a paz e remover sua marca da terra, e seu desejo não ter sido atendido, causou a morte de todos os que moravam em Targoviste, então começou a enviar hordas de criaturas da noite para destruir toda a vida humana na Valáquia.

Enquanto isso, seu filho, Adrian, estava se recuperando de ferimentos recebidos por ter lutado contra seu pai. Ele dormiu no seu santuário nas catatumbas de Gresit, aguardando a chegada de um herói que o ajudaria a honrar a memória de sua mãe e salvar a humanidade da vingança de seu pai.

Advertisement