Wiki Castlevania
Advertisement


Striga (ストリーガ, Sutorīga?) é uma personagem da série animada Castlevania. Ela é uma das quatro Rainhas da Estíria e membro do Conselho das Irmãs, servindo como líder do exército de vampiros.

Ela foi dublada por Ivana Milicevic na versão em inglês da série.

Aparência[]

Striga é uma vampira com características andróginas. Ela tem longos cabelos pretos despenteados, lábios cinza-escuros e olhos verdes claros. Comparada com as outras membros do Conselho de Carmilla, Striga não é apenas mais atarracada e musculosa, mas também é consideravelmente mais alta que seus pares. Ela usa uma capa azul escura que esconde sua armadura preta, uma faixa vermelha, um vestido em um tom mais escuro de branco e um cinto de couro. A ombreira esquerda de sua armadura parece ter sido moldada a partir de um corvo ou de uma cabeça de corvo. Striga também usa um enfeite no cabelo baseado na máscara original de Carmilla (que apareceu pela primeira vez em Castlevania II: Simon's Quest).

Personalidade[]

Striga é a alta general da Estíria e sua maior guerreira. Ela tende a ser franca, preferindo táticas honestas e “honradas”. Lenore observa que enquanto a maioria das irmãs brinca com suas presas, Striga prefere matá-las e seguir em frente. Striga não tem medo de compartilhar seus conselhos honestos com Carmilla.

Striga trabalha em estreita colaboração com Morana, as duas mantêm o reino de Estíria funcionando. Elas são amantes há muito tempo e trabalham excepcionalmente bem juntas - combinando planos sólidos, apoiando-se mutuamente e impulsionando-se mutuamente a alturas maiores. Striga está satisfeita com sua vida, mas se lembra do difícil caminho que a levou a ser rainha de Estíria. Morana ajuda Striga a superar isso e a inspira com a noção de que em breve ela poderá liderar todo o poderio militar de um império. A Striga está empenhada em tornar esse sonho e a visão de Carmilla realidade.

Além disso, devido à sua mentalidade guerreira, Striga possui um forte senso de honra e um código de conduta rigoroso, como visto durante sua conversa com Morana, onde ela expressou surpresa que qualquer guerreiro se voltaria voluntariamente contra seus empregadores e benfeitores se lhe fosse oferecido mais dinheiro, do que a oferta inicial de Morana para ficar do lado deles, e mais tarde afirmando que "não havia honra nisso".

Striga também mostrou ser uma gênia da tática militar, como visto onde depois de apenas um dia ouvindo sobre o novo plano de Carmilla de construir seu próprio império, aproveitando o caos da violência de Drácula, Striga já havia descoberto e pensado em várias táticas, técnicas e planos militares altamente eficazes para policiar, defender e manter adequadamente as defesas fronteiriças nacionais dos seus novos territórios. Ela também conseguiu ver facilmente as armadilhas do plano elaborado por Carmilla e chegou à conclusão de que a única coisa que faltava para fazê-lo funcionar era que faltavam gravemente os números para seus exércitos criarem uma invasão e segurança adequadas forças para policiar suas novas terras. Ela também foi capaz de ver a outra armadilha de utilizar as habilidades de Hector como Devil Forgemaster, já que devido à sua habilidade de transformar cadáveres humanos em criaturas noturnas, eles precisariam de uma quantidade gigantesca de cadáveres frescos para reconstruir e expandir seus exércitos e que adquirir um número tão gigantesco possivelmente sairia pela culatra e prejudicaria o seu abastecimento alimentar.

Também foi demonstrado que, semelhante a Carmilla, Striga tem pouco ou nenhum respeito pelos humanos e não tem piedade ou empatia por eles. Isso é visto durante seu primeiro encontro com Hector, onde ela o desumanizou ao se referir a ele como um "isso" e teve pouca ou nenhuma hesitação em concordar com as ordens de Carmilla de mantê-lo preso em condições subumanas em suas masmorras. Mais tarde, Striga mostrou pouca ou nenhuma hesitação em concordar com o plano de Carmilla para criar a sua "nação corredor" de um abastecimento de "alimento eterno" e já tinha apresentado vários planos para aprisionar e conduzir a população humana para campos de concentração, enfatizando ainda mais o fato que ela se preocupa muito pouco com a humanidade e só a vê como alimento.

No entanto, semelhante a Morana e Lenore, apesar de desprezar os humanos em geral e vê-los como nada mais do que gado, Striga admitiu reconhecer a força de vontade da Humanidade e o forte desejo de sobreviver. Isto é especialmente visto quando se envolve humanos em batalha, onde Striga demonstrou esperar honra e lealdade entre guerreiros humanos, sejam eles soldados ou mesmo mercenários. E durante sua luta contra os agricultores humanos durante o levantamento das terras que ela queria conquistar com Morana, Striga demonstrou ter desenvolvido um sentido de respeito e talvez até admiração pelos humanos que escolhem lutar voluntariamente contra adversários contra os quais não têm qualquer hipótese a chance de vencer, em vez de viverem arrependidos por não terem lutado contra os seus potenciais opressores.


Curiosidades[]

  • Striga usa um anel no cabelo baseado na máscara original de Carmilla (particularmente em sua representação em Castlevania II: Simon's Quest). Lenore e Morana também usam um, embora a primeira o tenha na mão e a segunda na orelha.
  • A armadura diurna e a espada grande de Striga em "Walk Away" são uma referência à armadura Berserker de Guts e à espada Dragon Slayer do mangá e anime Berserk. Durante uma das cenas, a pose de Striga também faz referência a uma cena semelhante de Berserk.
  • O nome de Striga provavelmente vem da palavra strigoi, que significa "vampiro" em romeno.
  • Outra origem possível de seu nome é o strzyga polonês, um monstro coruja que compartilha muitas semelhanças com os vampiros.
Advertisement